Caderno de Receitas

da Cynthia Semíramis

Fracasso

em 04/12/2007

Acordei animada no sábado e resolvi fazer panetone. Fui ao mercado central comprar fôrmas e frutas secas e cristalizadas. Queria comprar também o fermento biológico fresco, mas não tinha! Procurei nos supermercados e padarias no entorno do mercado, e nada. Na volta pra casa, apostei que tinha o fermento no Epa da Cidade Nova, e acertei. Difícil foi agüentar meia hora de fila num supermercado lotado e sem ar condicionado, mas estava toda feliz por ter encontrado o bendito fermento.

Cheguei em casa tarde, improvisei o almoço e fui direto fazer o panetone. Não era só a ansiedade de, depois de 15 anos, encarar uma massa feita com fermento biológico. Nesta época do ano, depois das 4 da tarde, o sol bate direto na cozinha, transformando-a em uma sauna brilhante onde só se pode entrar com óculos escuros. Eu tinha no máximo 2 horas e meia pra usar a cozinha sem me “cozinhar”…

Fiz o panetone como mandava a receita, e foi divertido matar a saudade de fazer massas. O problema é que perdi a prática, e ficava o tempo todo em dúvida se o ponto estava certo, se não estava fazendo nada errado, etc.

As dúvidas se justificaram. Errei feio no ponto da massa. Os panetones não cresceram muito, assaram demais, e no início da noite eu descobri que estavam mezzo queimados, mezzo biscoitos. Até tentei comer, mas foram pro lixo.

Anúncios

Uma resposta para “Fracasso

  1. Ana Elisa disse:

    Oi, Cynthia!

    Obrigada pela visita ao La Cucinetta! Que bom que você gostou e que gostou também do livro! Minha irmã quer comprar a coleção inteira da Larousse!

    Panettone é fogo mesmo. As receitas mais novas, de chefs, costumam ter tantos passos elaborados, que você se perde no meio (fiz um da Gula, lindo na foto, que depois descobri numa errata que faltava 260ml de água na receita!!!) e ficou uma droga. Receita de família, então, você precisa adivinhar como faz, e os ingredientes nunca vão ser iguaizinhos aos que sua avó usava. Eu pastei muito, já e no fim o mais facinho e confiável que encontrei é uma receita toscana, com a massa super amanteigada. Boooom… O negócio é não perder o pique e continuar tentando…

    Abraços! Parabéns pelo blog!
    🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: