Caderno de Receitas

da Cynthia Semíramis

Bolinho arco-íris

Este é um bolinho básico e bem gostoso.

O problema deste bolinhos é que só podem ser feitos por quem tem paciência! Primeiro precisa de paciência para colorir a massa com anilina ou corante, mas sem que ela perca volume. E depois tem de ter paciência para montar as camadas de massa colorida com jeitinho, para não misturar as cores. Quem não tem paciência é melhor não arriscar: basta pular a parte da anilina e curtir o bolinho de baunilha com cobertura de chocolate.

Vi a receita do bolinho colorido no michelle’s recipe box. A cobertura é variação desta cobertura do The Cookie Shop.

Bolinho arco-íris

1 xícara de açúcar
100g de manteiga em temperatura ambiente
2 ovos
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
1 1/2 xícara de farinha de trigo
1 3/4 colheres (chá) de fermento em pó
1/2 xícara de leite
anilina ou corante alimentício

Aquecer o forno a 180 graus
Untar 12 forminhas de cupcakes, ou colocar forminhas de papel em formas de empada ou de cupcakes.
Misturar e bater manteiga e açúcar até se tornarem um creme fofo e claro.
Acrescentar os ovos, um por vez, esperando incoporar antes de acrescentar o seguinte
Acrescentar a baunilha.
Adicionar a farinha e o fermento em pó, misturando delicadamente.
Incorporar o leite.
Separar a massa em várias tigelas (o número exato depende de quantas cores você irá utilizar).
Acrescentar o corante a cada uma das tigelinhas de massa. Misturar delicadamente até ficar da cor desejada.
Com uma colher de café e muita paciência, formar as camadas coloridas de cada um dos bolinhos.
Levar para assar por cerca de 25 minutos.
Se os bolinhos ficarem altos, assim que saírem do forno achate sua superfície com uma colher.
Esperar esfriar antes de colocar a cobertura.

Cobertura

100g de chocolate meio amargo
3 colheres (sopa) de manteiga
1 colheres (chá) de glucose de milho (Karo)

Levar a manteiga ao fogo baixo em panela de fundo grosso.
Quando estiver começando a derreter, colocar o chocolate picado.
Esperar derreter antes de acrescentar o Karo.
Misturar bem.
Colocar a calda sobre os bolinhos.
Só coloque outros enfeites e confeitos sobre os bolinhos depois que a cobertura começar a esfriar e endurecer (se a cobertura estiver quente, os confeitos afundam).

Anúncios
1 Comentário »

Brownie de cacau

A maior parte das receitas de brownie leva chocolate em barra. Eu tenho uma preguiça monstro de ficar derretendo chocolate pra colocar em bolos, por isso fiquei felicíssima quando vi no Technicolor Kitchen esta receita de brownie que usa cacau em pó ao invés de chocolate em barra.

Da primeira vez que fiz esta receita, coloquei framboesas congeladas na massa antes de assar. Ficou uma delícia, e acabou em poucas horas. Já repeti a receita básica mais umas três vezes, sempre com sucesso. Por incrível que pareça, nunca usei castanhas ou nozes – e já cheguei à conclusão de que são desnecessárias: o brownie puro já é bom o suficiente.

Brownie de cacau

140g de manteiga sem sal
250g de açúcar (eu uso cristal orgânico, que é menos doce)
80g de cacau em pó (sem adição de açúcar)
¼ colher (chá) de sal
½ colher (chá) de extrato de baunilha
2 ovos grandes gelados
70g de farinha de trigo

Aquecer o forno a 180 graus.
Forrar uma forma quadrada (20cm de lado) com papel manteiga, deixando bordas mais altas para facilitar na hora de desenformar.
Levar a manteiga ao fogo fraco até derreter. Desligar o fogo.
Acrescentar sal, açúcar, baunilha e cacau em pó. Misturar bem.
Acrescentar um ovo por vez, misturando até incorporar.
Colocar a farinha, e misturar até que esteja bem incorporada.
Com uma colher de pau, bater a massa vigorosamente por um a dois minutos.
Se quiser, este é o momento de acrescentar nozes, castanhas ou frutas congeladas.
Colocar a massa na forma.
Assar por cerca de 20 a 25 minutos. No teste do palito, o brownie deve sair úmido, com um pouquinho de massa (mas se sair seco, não se preocupe – vai ficar bom também).
Deixar esfriar em uma grade.
Retirar o papel manteiga com cuidado.
Cortar em quadradinhos.

5 comentários »

Chocolate Mousse Cake da Nigella Lawson

Sempre babei na foto do “chocolate mousse cake” no “How to be a domestic goddess” da Nigella Lawson. Resolvi fazer ele no início de junho, pra comemorar um feriado prolongado com temperaturas baixas. O passo-a-passo tem cara de chatinho, mas é bem mais simples do que parece. Reduzi a receita em cerca de 30%, pois achei demais usar oito ovos e 350g de chocolate num bolinho pra no máximo seis pessoas. Ainda bem que fiz a redução, senão teria transbordado da forma! Neste post vou colocar a receita ‘reduzida’, que rende uma forma de 23cm.

Na hora de converter os ingredientes, descobri que era pra usar 5,6 ovos, ou seja, uma fração bizarra. Aí adaptei: usei 5 gemas e 6 claras (a outra gema foi usada em outra receita).

A receita original pede chocolate bem amargo e chocolate ao leite. Usei 200g de chocolate 72% cacau e 50g de chocolate 60% cacau, o que resultou num bolo gostoso, mas mais amargo do que o necessário. Da próxima vez, melhor usar o chocolate ao leite.

E como o bolo ficou muito melhor no dia seguinte, acho que o truque é fazê-lo na véspera…

Chocolate mousse cake

200g de chocolate amargo em barra
50g de chocolate ao leite em barra
120g de manteiga sem sal
6 claras batidas em neve
5 gemas
70g de açúcar mascavo
70g de açúcar cristal
1 colher (sopa) de extrato de baunilha

Aquecer o forno a 180 graus.
Escolher uma forma alta de 23cm que possa ir ao forno dentro de uma assadeira de bordas altas.
Untar a forma com manteiga. Forrar com papel manteiga, untar o papel com mais manteiga e espalhar um pouco (não exagere, pro bolo não ficar branco!) de farinha de trigo.
Colocar água para ferver – é necessário ter água suficiente para cobrir 3cm da lateral da forma de 23cm quando ela for colocada dentro da assadeira.

Burocracia feita, vamos ao bolo:

Derreter manteiga e chocolates em banho-maria ou no microondas.
Bater as gemas com os açúcares até ficar um creme com textura semelhante a uma maionese (é o que está na receita! Ele fica cremoso, mas não chega a ficar muito claro nem fofo demais)
Adicionar o chocolate derretido com manteiga à mistura das gemas. Misturar até ficar homogêneo.
Acrescentar aos poucos as claras em neve, mexendo delicadamente com uma colher de pau até incorporarem.
Transferir a massa para a forma preparada. Colocar a forma na assadeira. Completar a assadeira com água fervente. Cuidadosamente colocar tudo no forno aquecido.
Assar por cerca de 50 minutos. O ponto correto é quando se nota a superfície cozida, mas o recheio continua cremoso (se passar um pouquinho não tem problema, vai ficar bom também).
Retirar cuidadosamente do forno, tirar a forma da assadeira e colocar numa gradinha para esfriar.
Desenformar cuidadosamente apenas após a forma estar completamente fria.
Salpicar açúcar de confeiteiro apenas na hora de servir (se colocar muito tempo antes, o bolo absorve o açúcar todo).
Pode servir puro, com creme batido ou frutas vermelhas frescas.

2 comentários »

Torta de chocolate e limão

Ontem foi o LuluzinhaCamp nacional, em comemoração ao primeiro aniversário do grupo. Como a sede do evento é em São Paulo, eu preciso de viajar para ir aos encontros nacionais. Ano passado eu fui, e conheci mulheres maravilhosas, que se tornaram amigas e companheiras de luta. Também conheci uma torta maravilhosa, feita pela Dehbora (uma das novas amigas!), que era nada menos do que a famosíssima torta de chocolate e limão das Rainhas do Lar.

Como não pude ir pra São Paulo desta vez, matei as saudades das lulus fazendo (e comendo) a torta. É facílima de fazer, e agrada até a quem não gosta de tortas doces, ou não gosta de limão. Mesmo eu, que não gosto de massa com biscoitos, gostei da torta 😉

Torta de chocolate e limão

200g de biscoito maisena
100g de manteiga sem sal

Aquecer o forno a 180 graus.
Triturar os biscoitos no processador ou liquidificador.
Misturar à manteiga até virar uma farofa.
Usar essa farofa pra forrar as laterais e fundo de uma fôrma desmontável.
Assar por cerca de 15 minutos.

300g de chocolate meio amargo
2 colheres (sopa) de nutella
1 colher (sopa) de manteiga sem sal
6g de gelatina em pó sem sabor hidratada (meio pacotinho)
300g de creme de leite (usei creme de leite fresco)

Derreter o chocolate em banho-maria
Acrescentar a nutella e a manteiga ao chocolate
Juntar essa mistura ao creme de leite e misturar até incorporar
Acrescentar a gelatina hidratada
Misturar bem, e colocar sobre a massa de biscoito
Levar à geladeira para firmar

1 lata de leite condensado
meia lata de suco de limão (usei os últimos 2 1/2 limões da casa, mas ficaria melhor mais azedinha)
300g de creme de leite (usei o fresco)
6g de gelatina em pó sem sabor hidratada (a outra metade do pacote)

Misturar bem o leite condensado, o creme de leite e o suco de limão
Acrescentar a gelatina hidratada, mexendo até incorporar bem.
Colocar sobre o recheio de chocolate.
Enfeitar com raspinhas de chocolate.
Levar à geladeira por pelo menos 4 horas antes de servir.

Deixe um comentário »

Bolo ao rum

Tenho cozinhado pouco, e quase sempre fazendo receitas já testadas. Mas uma hora a gente cansa da mesmice. Aí encontrei esta receita facílima no Larrousse Mestre-Cuca. Os únicos requisitos são uma balança decente e rum ou conhaque na despensa. O único rum que eu tinha era malibu (rum aromatizado com coco), o que fez o bolo ficar bem interessante. Com certeza repetirei essa receita outras vezes, o resultado ficou muito bom.

Bolo ao rum

3 ovos
o mesmo peso dos ovos em manteiga, açúcar e farinha de trigo
duas pitadas de sal
50ml de rum

Aqueça o forno a 200 graus.
Pese os ovos (os meus pesaram 175g)
Separe o mesmo peso de açúcar, manteiga e farinha de trigo.
Separe as claras e as gemas.
Bata as claras em neve com uma pitada de sal.
Derreta a manteiga.
Bata as gemas, o açúcar e uma pitada de sal até ficar uma mistura esbranquiçada.
Incorpore a manteiga derretida.
Incorpore a farinha de trigo.
Acrescente o rum.
Adicione as claras em neve delicadamente.
Coloque a massa em forma de 22cm untada e enfarinhada.
Asse a 200 graus por 15 minutos.
Diminua o forno para 180 graus, e continue assando por mais 25 minutos.
Desenforme o bolo ainda morno, pouco depois de retirá-lo do forno.

Deixe um comentário »

O panetone perfeito

Ano passado, fiz alguns panetones. A melhor receita que testei – e adorei – foi a do Panelinha. Este ano, resolvi inovar testando a receita do Sabores da Toscana e fiquei impressionada. A massa é maravilhosa, uma delícia de trabalhar. E o resultado não decepcionou: foi o melhor panetone que já comi, e até o marido (que detesta panetone) comeu um pedaço e ainda exclamou “nossa, é muito melhor que os industrializados!” (pelo andar da carruagem, daqui a um ou dois anos ele come uma fatia inteira, hehehe)

Segui a receita quase à risca e, apesar de desconfiar de receitas com medidas em xícaras, deu tudo certo. Rende um panetone de 500g delicioso.

Panetone

1/3 xícara de água morna
25g de fermento biológico seco, ou 50g de fermento biológico fresco (usei o fresco)
1/4 xícara de açúcar
6 gemas de ovos
casca ralada de um limão
1/2 colher (chá) de sal
180g de manteiga sem sal
2 1/4 a 2 1/2 xícaras de farinha de trigo
1/2 xícara de casca de laranja cristalizada
1/2 xícara de passas (a receita pede sultanas, mas eu não encontrei delas por aqui)
1 gota de baunilha pura (usei 1 colher de extrato de baunilha)

Aqueça 160g de manteiga até derreter.
Misture a água quente, o fermento e 1 colher de sopa de açúcar em uma tigela e aguarde cerca de 15 minutos, até fazer espuma.
Em uma tigela pequena, bata as gemas, a baunilha, o sal e o açúcar até que fique pálido e espesso.
Junte ao fermento a mistura de gemas e as raspas de limão.
Acrescente gradualmente a farinha à tigela, até usar cerca de 1 1/2 xícara.
Junte a manteiga derretida, e misture até ficar homogêneo.
Acrescente farinha suficiente para trabalhar a massa com as mãos (talvez não seja necessário usar toda a farinha).
Coloque a massa em uma superfície enfarinhada e sove por cerca de 10 minutos, até ficar uma massa mole e elástica (ela tem de ficar úmida e um pouco oleosa; seca, nunca! No início parece que não vai dar ponto, mas é questão de tempo e sova pra dar tudo certo)
Coloque a massa em uma tigela untada, tape com um pano, e deixe em local sem correntes de ar por cerca de 1 hora (eu deixo dentro do microondas desligado).
Aqueça o forno a 200º, e unte uma forma de 14 x 8 cm.
Retire a massa da tigela, amasse para tirar o ar e molde um retângulo. Espalhe as passas e as cascas de laranja, misture bem pra incorporar, e transfira a massa para a forma.
Retorne a massa para a tigela coberta com pano e devidamente escondida das correntes de ar.
Deixe descansar por 30 minutos.
Derreta o restante da manteiga, pincelando a massa com parte da manteiga derretida.
Asse o panetone por 10 minutos.
Pincele novamente com o restante da manteiga derretida.
Reduza a temperatura do forno para 180º.
Asse por mais 30-35 minutos, apague o forno e só retire o panetone após esfriar.

Deixe um comentário »